julho 07, 2015

Deu o que falar...

Parece até que o deu o que falar essa semana foi combinado, já que todos os assuntos se relacionam – e não, isso não foi de propósito!

1 – Dando a volta por cima dos comentários

Todo mundo sabe quem tem milhares de seguidores em qualquer rede social, volta e meia tem que lidar com tempestades de críticas e comentários negativos. Na verdade, até quem não tem milhares de seguidores, volta e meia tem que lidar com pessoas desagradáveis que se acham no direito de soltar abobrinhas graças à liberdade de expressão, né? O que muda é a proporção.
ABRE05
O caso de Em Ford, que tem um canal de beleza no Youtube chamado My Pale Skin, atingiu proporções chocantes depois que ela passou a postar algumas fotos no seu instagram do antes e depois da maquiagem. Desde então, a quantidade de comentários depreciativos aumentaram exponencialmente e Em tem que ler que é feia, que usa maquiagem demais porque é horrorosa, que é uma farsa, que não dá para confiar em mulheres com maquiagem. E Em deu a volta por cima com esse vídeo maravilhoso:

Uma verdadeira aula de auto estima e auto confiança, não acham? Claro que os comentários atingem e machucam, mas cabe a nós mesmas nos sentirmos maiores e melhores que isso tudo. Muitas vezes parece impossível, e nessas horas que esses vídeos são tão importantes! A gente espera que passando ele para frente aqui no blog, mais gente consiga superar seus “monstros”!

2 – Sinta-se Bonita!

Ainda nesse assunto de tentar melhorar a sua auto estima, esse vídeo da Dove não poderia vir em melhor hora. A gente disse que os assuntos se interligavam, né?
Nessa experimentação, mulheres de vários lugares do mundo se deparam com duas portas, uma escrita “Bonita” e a outra “Comum”. Várias escolhem se identificar como “Comum” e se arrependem, enquanto outras passam pela “Bonita” e se sentem ousadas por dizer isso ao mundo.
dove_glamour_7apr15_pr_b_810x540
Segundo a Dove, sentir-se bonita é uma escolha pessoal que as mulheres devem se sentir capazes de fazer todos os dias – e vai dizer que essa não é a maior verdade?

3 – Os preconceituosos passam…

O último caso foi nacional e aconteceu com a jornalista Maria Julia Coutinho, que apresenta a previsão do tempo no Jornal Nacional.
O Facebook do Jornal Nacional foi invadido por comentários extremamente racistas depois que postaram uma foto com a chamada para o tempo. Vamos mostrar só um pouquinho para vocês verem:
20150703172444507831a
A maioria desses perfis são falsos, mas isso não diminui o choque de ver que ainda existe esse tipo de gente que fala essas atrocidades achando que nada vai acontecer.
A equipe do Jornal Nacional se manifestou prontamente criando a hashtag #SomosTodosMaju. Por mais bem intencionada que seja, a gente fica na dúvida se seguir essa modinha de sair falando que todos somos alguém vá mudar alguma coisa de fato, mas amamos a resposta que a própria Maju deu no meio do Jornal Nacional:
Aliás, esse horror de preconceitos pelo menos serviu para uma coisa boa: descobrir que Maria Julia é muito mais legal do que ela já aparenta ser no JN.

Nenhum comentário:
Escrever Comentários

Postagens Recomendadas × +