março 18, 2010

Como as galinhas fazem os ovos?

Em mais uma extraordinária demonstração de proeza da natureza, o conteúdo de um ovo é envolvido em uma casca perfeita, sem emendas e incrivelmente forte como se fosse mágica! Os ovos são obras de arte.

A galinha tem pouco a ver com a formação da casca do ovo, na verdade é o ovo que desenvolve a casca em volta de si mesmo. Ele faz isso por meio de processos que também são observados nos ossos e nas conchas do mar.

Em volta do ovo há uma membrana, e nessa há pontos uniformemente espaçados onde formam-se colunas de calcita (uma forma de carbonato de cálcio). Essas colunas se arranjam lado a lado para formar a casca. De acordo com um livro muito interessante chamado "Feito para medir" de Philip Ball:

Os pontos de nucleação são nódulos de proteína definidos chamados de proeminências mamilares, e o mineral é primeiramente depositado em forma de partículas de aragonita com orientação ao acaso de cristais. Ao topo dessas pilhas de aragonita, começam a se formar colunas de calcita cristalina orientada.

A calcita fica basicamente flutuando na solução em volta da casca, e ela se deposita nessa casca como um cristal em formação. O ovo faz sua própria casca.

Curiosidades sobre as cores dos ovos de galinha.

Alguma vez você já parou pra pensar no porque dos ovos de galinha terem cores diferentes? Uns são azuis, outros brancos, marrons. Isso se trata de uma característica genética ligada à raça da galinha. As aves de plumagem branca colocam ovos brancos, enquanto as vermelhas ou que de tons marrons põem ovos nesse tom. Embora não se conheça a origem do pigmento, acredita-se que ele esteja ligado as células presentes no útero.

Diferente do senso corrente, a cor da casca dos ovos não tem qualquer relação com alimentação da galinha, fator que influência apenas a coloração encontrada na gema. E a diferença entre os ovos fica apenas na cor, não interfere na sua composição. Do ponto de vista nutricional, não há diferença entre os ovos brancos e os vermelhos. Ambos são iguais, ricos em proteínas, vitaminas e sais.

O ovo é uma excelente fonte de vitamina A, B12 e E, além de minerais como fósforo e zinco. A clara é rica em proteínas e totalmente livre de gordura, contendo mais da metade da vitamina B2 do ovo e tendo seu consumo liberado sem restrições. Já a gema, deve ser consumida com limite de apenas uma por dia.
Postagem anterior
Próximo post

0 Comments: